Défice comercial de Portugal com a China melhorou 4,5 por cento até Abril

10 July 2009

Lisboa, Portugal, 10 Jul – O défice comercial de Portugal com a China melhorou 4,5 por cento de Janeiro a Abril, para 297,7 milhões de euros, face ao período homólogo do ano passado, informou a agência noticiosa portuguesa Lusa.

No período, as exportações portuguesas para o mercado chinês aumentaram 0,3 por cento em termos homólogos, para 53 milhões de euros, enquanto as importações caíram 3,8 por cento, para 350,7 milhões de euros, em relação a 2007.

Um estudo da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal indica que “o mercado chinês tem-se revelado, essencialmente, um mercado fornecedor de Portugal, constituindo em 2008 o 10.º maior fornecedor, apresentando uma quota de, aproximadamente, 2,2 por cento das importações nacionais, ou seja, um volume total de compras de cerca de 1,34 mil milhões de euros”.

No período de 2004 a 2008, o montante das importações portuguesas da China registou, em média, uma taxa de crescimento anual de 30,9 por cento.

No sentido inverso, as exportações para a China têm representado um valor muito menor de, aproximadamente, 183 milhões de euros em 2008, representando aproximadamente 0,5 por cento do montante global exportado por Portugal.

A relação comercial entre os dois países é um dos temas do Fórum de Cooperação Económica e Comercial Portugal-China, que se realiza sábado, em Lisboa.

No encontro participam cerca de 200 empresários chineses que integravam a comitiva do Presidente da China, Hu Jintao, na visita de Estado de dois dias que deveria iniciar-se sexta-feira, entretanto adiada devido aos conflitos étnicos na região autónoma de Xinjiang. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH