Entrepostos frigoríficos para pescado construídos em três províncias de Angola

4 August 2009

Malanje, Angola, 4 Ago – Três entrepostos frigoríficos foram construídos, este ano, no município do Negage (Uíge) e nas províncias do Huambo e Moxico, no âmbito de um financiamento de cerca de 20 milhões de dólares, anunciou domingo em Malanje o ministro das Pescas.

Falando no final de uma visita de trabalho de três dias à província de Malanje, o ministro Salomão Xirimbimbi precisou que o Governo em aprovou em 2008 o programa que visa estender o projecto a todos os municípios do país, mas, adiantou, devido à falta de recursos foi dada prioridade a quatro localidades, incluindo Malanje, cujo entreposto foi já inaugurado.

O ministro adiantou que desde 2005 o governo de Angola está a desenvolver esforços no sentido de estabelecer uma rede nacional de comercialização e distribuição de pescado, com base na linha de crédito da China.

Fez saber que o entreposto do município do Negaje terá uma capacidade de mil toneladas, visando atender a região e a República Democrática do Congo, país vizinho e que depende muito de Angola em termos de produtos piscícolas e salinos.

Salomão Xirimbimbi disse ser importante a decisão do Governo executar efectivamente os programas dos entrepostos, para poder distribuir o pescado e combater a especulação dos preços daquele produto.

No âmbito deste projecto, as províncias de Luanda, Bengo e Malanje já beneficiaram de entrepostos frigoríficos.

O ministro disse ainda que o sector das pescas deverá criar até ao final deste ano cerca de 12 mil postos de trabalho nas várias áreas da sua actividade, incluindo o da pesca continental.

Salomão Xirimbimbi salientou que desde o início e até ao final do mês de Junho foram criados cinco mil postos de trabalho. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH