Governo de Moçambique vai subsidiar gasolineiras para compensar aumento de preços dos combustíveis

5 August 2009

Maputo, Moçambique, 5 Ago – O governo de Moçambique prometeu terça-feira subsidiar as gasolineiras para impedir a subida do preço de combustíveis no país, cujos preços se mantêm desde Março, apesar da subida do custo do petróleo no mercado internacional.

O fornecimento de combustíveis em Moçambique tem conhecido nos últimos dias uma escassez, atribuída pelo Governo a supostas pressões das gasolineiras para o aumento do preço.

Falando em Gaza, sul de Moçambique, no Conselho Coordenador do Ministério da Energia, o titular da pasta, Salvador Namburete, disse que o Governo irá compensar os operadores do sector de combustíveis pelas perdas resultantes do congelamento do aumento do preço.

“Subsidiar as gasolineiras é a única saída para garantir a distribuição normal dos combustíveis”, sublinhou Salvador Namburete.

A última vez que as autoridades moçambicanas mexeram no preço dos combustíveis foi em Março deste ano, altura em que o litro da gasolina foi fixado em 23,1 meticais (0,59 euros), o de diesel em 22,45 meticais (0,58 euros) e o de querosene em 15,58 meticais (0,40 euros).

Em 2007, o governo moçambicano teve de subsidiar os transportadores semi-colectivos de passageiros para baixar o preço dos bilhetes, depois de uma revolta popular que provocou mais de cinco mortos e a destruição de bens. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH