Índia vai financiar linha de caminho-de-ferro na província da Huíla, Angola

11 August 2009

Luanda, Angola, 11 Ago – A Índia vai disponibilizar 40 milhões de dólares para a construção de uma linha férrea entre as cidades do Lubango e da Matala, província da Huíla, anunciou segunda-feira em Luanda o embaixador indiano em Angola, Ghanashyam Ajjampor Rangaiam.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, o embaixador afirmou que a empreitada da construção linha-férrea já em curso está a cargo da empresa estatal indiana Rail India Technical & Economic Services (RITES).

Ao defender a necessidade do estreitamento e melhorias nas relações comerciais entre os dois países, o diplomata apontou como exemplo que, no período compreendido entre 2007 a 2008, as trocas comerciais situaram-se a volta de 1,3 mil milhões de dólares, ao passo que nos últimos seis meses aumentaram para 1,5 mil milhões de dólares.

Para melhorar as relações de cooperação política e comercial entre a Índia e Angola, um desejo já manifestado pelo governo indiano que, actualmente procede a estudos para a extensão do mesmo projecto de disponibilização de uma outra linha de crédito, avaliada em 60 milhões de dólares.

Segundo o diplomata, está igualmente projectada a abertura, no país, de dois centros de produção, um de próteses e o segundo de tecnologias de informação.

De acordo com o embaixador, a presença da Índia, em Angola, também é notória no sector dos transportes, sector da actividade económica que contou, nos últimos meses, com mil autocarros de passageiros fabricados pelos indianos.

Ainda no âmbito do incremento de relações comerciais, Índia/Angola, está em carteira o projecto de construção de um parque de desenvolvimento industrial e a reabilitação de uma fábrica têxtil, cuja formalidade para o seu arranque aguarda por aprovação do Governo angolano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH