Ministério das Pescas de Moçambique afirma ter verbas suficientes para controlar a costa

21 August 2009

Maputo, Moçambique, 21 Ago – Moçambique despende diariamente 3 mil dólares para controlar a actividade ao longo da costa, afirmou quarta-feira em Maputo o ministro das Pescas Cadmiel Muthemba.

No decurso de uma conferência de imprensa, o ministro disse que os 1,095 milhões de dólares que o ministério gasta actualmente no controlo da linha de costa com mais de 2500 quilómetros é suficiente para combater os casos de pesca clandestina, entre outras actividades.

No mesmo encontro, Muthemba informou que o governo de Moçambique tinha tomado posse do navio Antillas Reefer, propriedade da empresa Mabenal, controlada por uma empresa de capitais do Uruguais com sede em Espanha e pela Gondola Fishing, registada na Namíbia, com um valor de 20 milhões de dólares.

O navio tinha sido apresado em Julho do ano passado contendo uma carga avaliada em 5 milhões de dólares e composta por 43 toneladas de tubarão, 4 toneladas de barbatanas, 1,8 toneladas de caudas, 11,3 toneladas de fígados e 20 toneladas de óleo de tubarão.

Na ocasiao, o navio foi apresado e imposta uma multa de 105 milhões de meticais (cerca de 3,95 milhões de dólares).

Na sequência do correspondente processo judicial, o Tribunal Administrativo considerou, recentemente, improcedente o recurso apresentado pelos armadores e determinou a perda a favor do Estado do Antillas Reefer. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH