Acordo de investimento para a produção de açúcar em Angola foi assinado em Malanje

24 August 2009

Malanje, Angola, 24 Ago – Um contrato para a produção de açúcar e energia eléctrica em Malange, no âmbito da exploração de biocombustíveis, foi assinado sexta-feira, em Malamje, entre a Agência Nacional de Investimentos Privados (ANIP) e a Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom).

O referido acordo formalizou a proposta de investimentos em biocombustíveis na região de Malanje, cujo projecto está a ser executado pela Biocom no município de Cacuso, 72 quilómetros a norte da sede provincial.

Rui Gourgel, responsável pela Biocom, disse que o investimento está avaliado em 220 milhões de dólares e prevê numa primeira fase a produção anual de 268 mil toneladas de açúcar e 45 megawatts de energia eléctrica, o que vai permitir a extracção de enormes quantidades de álcool.

Para os próximos tempos, indicou, prevê-se a duplicação da quantidade de açúcar, afim de aliviar as necessidades de consumo no país (avaliadas em 400 toneladas importadas/ano), através da redução significativa das importações. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH