Brasil aumenta cooperação com Moçambique com abertura de escritório da Embrapa

31 August 2009

Brasília, Brasil, 31 Ago – O Brasil vai intensificar a cooperação agrícola com Moçambique com a assinatura de um acordo tripartido, envolvendo o Japão, e a abertura de um escritório da Embrapa em Maputo, disse em Brasília o ministro da Agricultura de Moçambique.

Em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, Soares Nhaca, que se encontra de visita ao Brasil, disse que a representação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária deverá ser aberta no primeiro semestre do próximo ano e assegurou que a “decisão foi já tomada”.

Segundo Nhaca, um memorando de entendimento neste sentido vai ser assinado no dia 14 de Setembro, altura em que vai estar em Maputo uma delegação da Embrapa chefiada pelo novo presidente da instituição, Pedro António Pereira.

Nesta data será firmado também outro acordo importante, que envolve financiamento japonês, para o desenvolvimento da área de savana no corredor de Nacala.

O Brasil, que registou nos últimos anos um crescimento significativo da produção agropecuária no cerrado, uma réplica da savana moçambicana, entra com a transferência de tecnologia.

O cerrado ocupa uma área de mais de 1,9 milhões de quilómetros quadrados que se estendem por 12 Estados e pelo Distrito Federal e é actualmente a principal região produtora de grão e de carne bovina, no Brasil.

Segundo o ministro, são prioridades de Moçambique o reforço da capacidade na área de investigação agrária, a transferência de tecnologia para produção de sementes de alto rendimento e o melhoramento genético.

Em Brasília, Nhaca encontrou-se com diversas autoridades, entre as quais o ministro brasileiro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, e o presidente da Embrapa.

Da capital do Brasil, o ministro segue para Buenos Aires, Argentina, e regressa a Moçambique no dia 6 de Setembro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH