Estudos de impacto ambiental da futura hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa, em Moçambique, em fase final

31 August 2009

Maputo, Moçambique, 31 Ago – Os estudos de impacto ambiental completo para a construção da hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa estão na sua fase final, afirmou recentemente Mia Couto, que se deslocou a Tete em representação da empresa Coba – Consultores de Engenharia e Ambiente.

De acordo com o jornal Notícias, de Maputo, Mia Couto, que em Tete divulgou o documento de estudo de pré-viabilidade ambiental e definição do âmbito da barragem hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa, disse que os estudos efectuados em 2002 não identificaram nenhum factor que pudesse pôr em causa a viabilidade ambiental do projecto.

Também segundo Mia Couto, foram identificados impactos positivos como a criação de novos postos de trabalho, o que vai de certa maneira melhorar as condições sócio-económicas, habitabilidade e infra-estruturação.

Entretanto, prevê-se que a construção da hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa tenha o seu início em 2011 e decorra durante 4,5 anos, empregando cerca de 4 mil trabalhadores no período de pico da obra e estima-se que sejam gerados mais de 12 mil novos postos de trabalhos indirectos, essencialmente de fornecedores de bens e serviços relacionados com a obra.

A Hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa (HMNK) será construída num regime de concessão, em que a HMNK fica responsável pelo desenvolvimento do estudos e projecto, construção, operação e manutenção da hidroeléctrica durante um período ainda a ser acordado com o governo.

O custo total de desenvolvimento de estudos e construção é de cerca de 2 mil milhões de doláres, indo a HMNK assegurar parte deste custo e negociar o financiamento adicional com potenciais entidades financiadoras.

A barragem de Mphanda Nkuwa será de betão compactado a rolo e terá 90 metros de altura e 700 de comprimento com uma albufeira com 100 Km2, muito mais pequena do que a albufeira de Cahora-Bassa que tem 2700 km2 de área.

Mphanda Nkuwa será construída no rio Zambeze, na zona do distrito de Changara no posto administrativo de Marara a cerca de 70 quilómetros a nordeste da cidade de Tete e 61 quilómetros a sudeste da barragem de Cahora-Bassa no Songo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH