Potencial energético atrai empresas italianas a Moçambique

3 September 2009

Maputo, Moçambique, 3 Set – Vai ser criada nos próximos dias uma equipa conjunta de trabalho integrando quadros moçambicanos e italianos para elaborar um protocolo de cooperação no domínio da energia, escreve hoje o Notícias.

O jornal escreve que a Itália está interessada em implementar diversos projectos na área da produção de energias renováveis em Moçambique, sendo as de bio-combustíveis, sistemas fotovoltáicos, eólicos e hídricos aqueles que mais atenções despertam.

Na Feira Internacional de Maputo – FACIM-2009 – que decorre desde a última segunda-feira, os italianos fazem-se representar por mais de 40 empresas, na sua maioria com interesses no sector da energia.

O Ministro da Energia, Salvador Namburete anunciou, entretanto, que estão em fase bastante avançada projectos de investimento italianos visando a implementação de um parque eólico no distrito de Matutuíne com capacidade para a produção de 20Mw de energia.

Outro projecto de vulto diz respeito à produção de bio-combustíveis a partir da jatropha num campo a ser implantado no distrito da Moamba, província do Maputo. Neste momento aguarda-se apenas pela aprovação do projecto pelo Ministério da Agricultura.

Além dos projectos anunciados, a Itália esta envolvida através da ENH na prospecção e pesquisa de petróleo no mar em Moçambique.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH