Cabo Verde estará em condições de competir com quaisquer portos em 2012 segundo a Enapor

7 September 2009

Cidade da Praia, Santiago, 7 Set – Cabo Verde estará preparado para competir com quaisquer portos do mundo a partir de 2012, altura em que deverá estar concluído um vasto plano de investimentos em várias ilhas, disse à Agência Lusa o presidente da Empresa Nacional de Portos de Cabo Verde (Enapor).

Segundo Franklim Spencer, presidente do Conselho de Administração da Enapor, a ideia é aproveitar o plano de investimentos do Governo para as infra-estruturas que, segundo o primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, ronda os 300 milhões de euros.

Em Julho último, o chefe do Executivo da Cidade da Praia anunciou que se investirá aquele montante no sector portuário, abrangendo as ilhas do Fogo, Sal, Santiago, Boavista, São Vicente e Santo Antão, estando previsto, nesta última ilha, a construção também de um aeroporto.

O plano prevê a ampliação ou modernização dos portos do Porto Novo (Santo Antão), Praia (Santiago), Vale dos Cavaleiros (Fogo), Boa Vista (Boavista) e Palmeiras (Sal).

“A partir de 2012, teremos infra-estruturas portuárias para competir com os outros tipos de transporte. Em cinco ou seis ilhas haverá terminais portuários com condições de qualidade e conforto iguais ou melhores que os dos aeroportos”, disse. O que quer dizer que

Segundo Franklim Spencer, é estratégia do Governo ter um grande “hub” em São Vicente, nomeadamente no Mindelo, para atrair navios acima dos 4.000 contentores.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH