Ilha de Hengqin, junto a Macau, vai tornar-se numa zona de desenvolvimento estratégico da China

15 September 2009

Zhuhai, China, 15 Set – O presidente da câmara do município chinês de Zhuhai, limítrofe a Macau, anunciou, segunda-feira, que se iniciaram os trabalhos destinados a tornar a ilha de Hengqin numa das três zonas de desenvolvimento estratégico da China logo depois de Pudong, em Xangai e Binhai em Tianjin, escreve o jornal China Daily

Zhong Shijian disse que o município pretende atrair para a ilha, localizada frente a Macau, investimentos das 500 maiores empresas estrangeiras e previu que o PIB per capita possa atingir os 120,000 yuan (US$ 17,540) em 2015 e 200,00 yuan em 2020.

“Prevemos que a população da ilha, que tem 106 quilómetros, aumente das actuais 8 mil pessoas para 120 mil em 2015 e 280 mil em 2020.

O desenvolvimento da ilha de Hengqin basear-se na indústria de serviços, entretenimento, turismo, educação, pesquisa e desenvolvimento de altas tecnologia.

Zhong Shijian disse que Hengqin, a maior das 146 ilhas de Zhuhai, vai iniciar uma cooperação tripartida com Macau e Hong Kong dando assim resposta à decisão tomada pelo governo central chinês em Agosto de tornar a região numa zona de desenvolvimento especial.

“Como projecto piloto, iremos estabelecer medidas especiais fronteiriças, um novo tipo de cooperação financeira e sistemas de gestão de terras completamente novas” disse.

A Universidade de Macau vai construir na ilha de Hengqin um novo campo universitário numa área de um quilómetro quadrado alugado a Zhuhai. depois de Pequim ter autorizado uma proposta feita pelo governo de Macau. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH