Governo de Angola garante cumprimento de prazos no projecto de gás natural no Soyo

17 September 2009

Luanda, Angola, 17 Set – O projecto de Gás Natural Liquefeito (LNG), no Soyo, decorre conforme o previsto, disse quarta-feira o ministro dos Petróleos angolano, Botelho de Vasconcelos após a reunião do Conselho de Ministros que analisou o o empreendimento destinado a aumentar a produção de combustível limpo em Angola.

O projecto Angola LNG é uma “joint-venture” que conta com a participação da BP Exploration (13,6 por cento), Chevron (36,4 por cento), ExonMobil (13,6 por cento), Sonangol (22,8 por cento) e Total (13,6 por cento).

A Angola LGN iniciou em Maio passado a construção de um gasoduto para transportar gás do mar até à costa, no âmbito do projecto de produção de gás liquefeito.

A empreitada, de mais de 25 quilómetros de extensão, está a cargo da britânica Acergy para a parte no mar e da francesa Spie para as obras em terra.

O projecto de gás LNG, está instalado na província angolana do Zaire, na localidade do Soyo,

O empreendimento está avaliado em mais de 17 mil milhões de dólares norte americanos e deverá estar concluído em 2012. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH