Japão oferece ajuda alimentar de 3,4 milhões de Euros a São Tomé

18 September 2009

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 18 Set – O governo do Japão concedeu a São Tomé e Príncipe uma ajuda alimentar de quatro mil toneladas de arroz avaliadas em 3,4 milhões euros, anunciou quinta-feira a Lusa com base numa fonte do ministério do Comércio em São Tomé.

“São quatro mil toneladas de arroz em 210 contentores que deverão ser descarregados até ao final de Novembro”, disse o director do comércio, Carlos Bonfim.

A primeira remessa dessa ajuda alimentar foi entregue ao governo são-tomense pelo embaixador nipónico acreditado no arquipélago, com residência em Libreville, Hirose Shinichi.

O diplomata japonês disse que essa ajuda segue-se à retoma, em 2007, da ajuda alimentar japonesa a São Tomé e Príncipe, depois das autoridades do seu país terem decidido suspender os donativos por má gestão dos fundos de contrapartida resultantes da venda do arroz.

Desde a retoma da ajuda alimentar do Japão há dois anos que o dinheiro resultante da venda do arroz está a ser gerido pelo programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, PNUD.

O acordo estabelecido entre o governo são-tomense e do Japão é de que o fundo de contrapartida resultante da venda dessa ajuda deve ser utilizado para obras de carácter social, nomeadamente, a construção de pistas rurais, escolas, postos sanitários e abastecimento de água visando a melhoria de condições de vida da população.

Desde 1975 que Japão, juntamente com outros parceiros internacionais, apoiam São Tomé e Príncipe na luta contra a pobreza e no desenvolvimento económico e social.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH