Banco de Moçambique trava desvalorização do metical vendendo mais dólares

22 September 2009

Maputo, Moçambique, 22 Set – O Bando de Moçambique vendeu 536 milhões de dólares ao mercado cambial até 15 de Setembro, mais 120 milhões comparativamente a 2008.

Segundo Ernesto Gove, governador do Banco de Moçambique, citado segunda-feira pelo jornal O País, esta injecção deveu-se à crise internacional e visa “promover a economia de divisas suficientes” e evitar “uma maior depreciação da taxa de câmbio”.

O jornal recorda que desde o início do ano que a moeda moçambicana, o metical, tem estado a desvalorizar-se face às principais divisas movimentadas no mercado nacional.

No fim de Agosto, o dólar norte-americano estava a 26.83 meticais, o que equivale a uma depreciação da moeda moçambicana de 0,41 por cento, comparando com igual período do ano passado.

Em termos mensais, o metical perdeu terreno face à moeda sul-africana, o rand, em 3,9 por cento, e face ao euro, em 0,6 por cento.

“O metical está a ter o andamento que é necessário, tendo em conta a procura e a oferta no mercado”, disse Ernesto Gove, que considera “relativa” a desvalorização da moeda nacional, “tendo em conta a necessidade de promoção das exportações”.

No primeiro trimestre deste ano, devido à crise internacional, houve uma redução das importações em 13 por cento e em 39 por cento nas exportações.

Uma situação que, diz ainda o jornal, desequilibrou a balança de pagamentos, tendo o FMI, depois de solicitado, aprovado um empréstimo de 176 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH