China concede à Guiné-Bissau cerca de sete milhões de euros em assistência financeira e alimentar

22 September 2009

Bissau, Guiné-Bissau, 22 Set – O ministro-adjunto dos Negócios Estrangeiros da China, Zhai Jun anunciou segunda-feira em Bissau a concessão de um apoio financeiro à Guiné Bissau da ordem dos 5,9 milhões de euros.

O dirigente chinês assinou com o ministro da Defesa da Guiné-Bissau, Artur Silva documentos de cooperação técnica, assistência alimentar e financeira.

A assistência alimentar dada pelo Governo chinês à Guiné-Bissau está orçada em 998 mil euros

O ministro chinês garantiu que o governo da China deseja desenvolver e reforçar cada vez mais as relações de cooperação bilateral.

O ministro da Defesa guineense pediu apoio ao Governo chinês para a “construção da cidade judiciária, cujo projecto técnico se encontra em fase de finalização, assim como a recuperação do Palácio Presidencial, destruído durante o conflito político-militar de 1998”.

O ministro-adjunto chinês durante a estada em Bissau visitou as obras, financiadas por Pequim, do Palácio do Governo e do Hospital Militar.

Na Guiné-Bissau, a cooperação chinesa incide principalmente na construção de várias infra-estruturas e nas pescas.

Depois de Bissau Zhai Jun visita Cabo Verde.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH