Americana Anadarko inícia pesquisa de petróleo no Rovuma em Moçambique nos próximos meses

28 September 2009

Maputo, Moçambique, 28 Set – A empresa petrolífera americana Anadarko vai efectuar nos próximos quatro meses três furos de grande profundidade no início da operação de pesquisa de hidrocarbonetos na bacia sedimentar do Rovuma, no norte de Moçambique, revelou Carlos Zacarias, administrador do Instituto Nacional de Petróleos (INP) ao jornal Notícias.

Carlos Zacarias disse que o primeiro furo será realizado no bloco “on-shore”, sob licença da Anadarko, em meados do próximo mês pelo que no terreno, já começaram a chegar a Pemba os primeiros equipamentos de perfuração que incluem sonda perfuradora, tubagem, componentes químicos e recursos humanos que irão executar a obra.

Os dois outros furos estão previstos para Janeiro do próximo ano no bloco “off-shore” também concessionada à multinacional norte americana.

O administrador do INP considera a execução destas perfurações como sendo “o culminar de um amplo trabalho de investigação iniciado a quatros anos pela companhia e que poderá contribuir quer para a descoberta de hidrocarbonetos quer para um melhor conhecimento do tipo de sistema petrolífero que eventualmente esteja presente no local”.

As perfurações terão lugar após um longo processo de pesquisas sísmicas que permitiram a identificação de um traçado geológico com características adequadas para a ocorrência de hidrocarbonetos, mais concretamente de petróleo.

A bacia do Rovuma tem uma extensa área concessionada a três ou quatro grandes companhias como operadores.

No Rovuma “on-shore” o operador é Anadarko. No Rovuma “off-shore”, actuam a Anadarko, a Eny, a Staty Hidro e a Petronas.

Carlos Zacarias reelou ainda que nos últimos dois anos foram feitas cerca de 12 mil quilómetros de pesquisa sísmica.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH