Vodacom Moçambique investe na construção da fibra óptica

29 September 2009

Maputo, Moçambique, 29 Set – A Vodacom Moçambique, a segunda empresa de telefonia móvel de Moçambique, está a investir mais de sete milhões de dólares na construção da sua própria rede de fibra óptica ligando as cidades de Maputo-Matola e Maputo-Beira.

José de Sousa, Director Executivo da empresa subsidiaria da Vodacom da Africa do Sul, braço da companhia líder mundial Vodafone, disse à Agência de Informação de Moçambique (AIM) que a conclusão desta infra-estrutura vai permitir o lançamento do serviço Terceira Geração desta operadora mo próximo mês de Novembro.

“Já devíamos ter lançado os serviços Terceira Geração em Agosto passado, mas não o fizemos porque a rede fibra óptica das TDM (Telecomunicações de Moçambique) não funciona devidamente. Assim, preferimos construir a nossa própria fibra óptica para lançarmos um produto de qualidade”, disse José de Sousa.

Actualmente, a empresa está construir a fibra óptica ligando as cidades de Maputo e Beira, a capital da província central de Sofala, num investimento de 5,8 milhões de dólares.

Recentemente, investiu cerca de dois milhões de dólares na construção da fibra óptica ligando as cidades vizinhas de Maputo e Matola.

A Vodacom Moçambique pretende também ligar outras cidades moçambicanas como Beira-Chimoio, Chimoio-Tete e Nampula a Pemba.

Actualmente, a Vodacom diz que detém 44 por cento da quota do mercado de telefonia móvel em Moçambique que é liderado pela empresa pública Moçambique Celular, MCel. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH