Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe anuncia leilão de blocos petrolíferos no início de 2010

7 October 2009

Luanda, Angola, 7 Out – O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Rafael Branco, disse terça-feira em Luanda que os primeiros blocos petrolíferos do arquipélago deverão ser levados a leilao no primeiro trimestre de 2010.

Após uma audiência com o Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, o primeiro ministro são-tomense disse esperar que São Tomé e Príncipe beneficie da “grande experiência que Angola adquiriu” no sector petrolífero.

“Angola é um país de referência, tem uma empresa de referência mundial (Sonangol) e tem quadros que formou ao longo dos anos”, disse Branco, para adiantar que espera que as empresas petrolíferas angolana e são-tomense possam “também cooperar” para desenvolver o sector no arquipélago.

O chefe de Governo são-tomense espera “não cometer os erros que outros cometeram” quando iniciaram a produção petrolífera e, também nesse aspecto, disse contar com o apoio de Luanda.

Em Junho, a Agência Nacional de Petróleos (ANP) de São Tomé e Príncipe tinha previsto a realização do leilão em Novembro, mas a legislação que enquadra o sector petrolífero no arquipélago ainda não foi promulgada. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH