Empresa diamantífera de Angola procura financiamento para recomeço de projectos

8 October 2009

Luanda, Angola, 8 Out – A Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) pretende estabelecer parcerias com empresas sul-africanas do sector mineiro para angariar financiamento que permita retomar os projectos parados, afirmou quarta-feira em Luanda um administrador da empresa.

No final de um encontro com uma delegação sul-africana do Ministério dos Minerais e Energia, Manuel Watângua, administrador com o pelouro da geologia, produção e concessões mineiras, disse ser oportuno o recurso a outros parceiros na busca de financiamentos capazes de impulsionar os projectos da empresa actualmente paralisados por falta de dinheiro.

De acordo com Watângua, com o estabelecimento de parcerias entre empresários angolanos e sul-africanos poder-se-á criar condições técnico-financeiras para reforçar os investimentos feitos no sector mineiro em Angola.

Relativamente às concessões de parcelas para prospecção/exploração mineira no país, referiu que a Endiama, na qualidade de empresa concessionária do sector, fica geralmente com 51 por cento das acções, enquanto os restantes 49 por cento ficam com as empresas investidoras na prospecção de kimberlitos.

Manuel Watângua informou ainda da intenção da Endiama em abrir escritórios de representação nos Emirados Árabes Unidos e em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH