Timor-Leste vai negociar empréstimo da China para infra-estruturas

15 October 2009

Díli, Timor-Leste, 15 Out – O ministro dos Negócios Estrangeiros timorense, Zacarias da Costa, revelou que Timor-Leste está a negociar com a China um empréstimo para financiar as grandes obras de infra-estruturas no país.

O ministro disse ainda à agência Lusa que o assunto deverá ser abordado na sexta-feira durante um encontro entre o primeiro-ministro Xanana Gusmão e so seu homólogo chinês Wen Jiabao, em Chengdu.

Durante a visita oficial de Xanana Gusmão à China Timor-Leste pretende reforçar a cooperação bilateral.

O ministro Zacarias da Costa admitiu igualmente à Lusa que será discutido “o interesse da China em aceder aos recursos petrolíferos timorenses”.

O interesse da China nos combustíveis fósseis timorenses, segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros, reforça a conclusão de que a construção do “pipeline” das jazidas petrolíferas offshore “Sunrise” para Timor-Leste e não para a Austrália é comercialmente viável.

“Temos estudos de viabilidade com várias empresas que comprovam que é tecnicamente viável”, insistiu Zacarias da Costa.

“Temos estado em contactos não só com a China, mas também com a Coreia e com empresas internacionais que demonstram claramente que, também do ponto de vista comercial, é viável trazer o ‘pipeline’ para Timor-Leste e é isso que temos de mostrar aos australianos e às empresas que estão na área”, explicou à Lusa.

Segundo Zacarias da Costa, “há interesse e todas as opções têm de ser consideradas e postas na mesa para serem discutidas”, lembrando que, pelo tratado de exploração conjunta do petróleo do Mar de Timor, celebrado entre a Austrália e Timor-Leste, cabe aos dois governos a palavra final sobre o “pipeline”.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH