Empresa Teixeira Duarte vai construir novo parlamento de Angola

16 October 2009

Luanda, Angola, 16 Out – A nova Assembleia Nacional de Angola, no bairro da Kinanga, na Samba, em Luanda, tem um prazo de construção de quatro anos, é composto por quatro edifícios dispersos por seis hectares e irá custar 185 milhões de euros.

A primeira pedra do novo complexo de edifícios que vão albergar o parlamento angolano e as áreas de apoio foi lançada quinta-feira pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

A obra vai ser erguida pela construtora portuguesa Teixeira Duarte e, de acordo com a apresentação feita pelo Gabinete de Obras Especiais (GOE) do governo angolano, dono da obra, é composta por quatro edifícios distintos com uma arquitectura neo-clássica.

No primeiro edifício funcionará o parlamento, com uma área construída de 6.200 metros quadrados. O segundo, de escritórios, terá 33 mil metros quadrados, sendo o maior do conjunto.

O terceiro edifício será dedicado ao parqueamento de automóveis, com 485 lugares em 21 mil metros quadrados, e, por fim, o quarto albergará os serviços, equipamentos e segurança, num total de dois mil metros quadrados.

Os primeiros passos para este projecto foram dados pelo parlamento em 1998, tendo a obra sido adjudicada já em Fevereiro de 2009 à construtora Teixeira Duarte. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH