Primeiro-ministro de Sao Tomé e Príncipe vai a Bruxelas procurar financiamento da União Europeia

19 October 2009

Sao Tomé, Sao Tomé e Príncipe, 19 Out – O primeiro ministro são-tomense, Rafael Branco, encontra-se hoje em Bruxelas com o presidente da Comissão Europeia para discutir “projectos estruturantes” passíveis de obter financiamento da União Europeia.

Antes de partir para Bruxelas, primeira etapa de uma deslocação que inclui também Portugal, Rafael Branco disse que o seu encontro com José Manuel Barroso visa “tentar mobilizar mais recursos para alguns projectos estruturantes do país”.

Actualmente, São Tomé e Príncipe beneficia de financiamento da UE em três áreas: transportes, reabilitação de estradas e pescas.

Rafael Branco disse que vai pedir apoio institucional e jurídico à UE para responsabilizar os donos de oito navios pesqueiros abandonados em São Tomé desde 2008 pela empresa espanhola Asti Pesca.

Embora reconheça o tempo que esse processo pode demorar, o chefe do governo está convencido que os graves prejuízos causados ao ambiente e a centenas de são-tomenses poderão ser compensados.

Ainda no âmbito desta deslocação à Europa, Rafael Branco programou encontros com empresários portugueses que pretendem investir em São Tome e Príncipe.

Nesses encontros, o sector energético será privilegiado, segundo Branco, atendendo à profunda crise se vive no país, principalmente desde que, há cerca de uma semana, um incêndio na central eléctrica da capital destruiu dois grupos de geradores, reduzindo a capacidade de produção energética para cerca de 40 por cento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH