Agriterra Ltd vai expandir negócio de gado em Moçambique

28 October 2009

Maputo, Moçambique, 28 Out – O encaixe de 5,1 milhões de dólares obtidos pela Agriterra Ltd com a venda de 63,95 milhões de acções vai ser aplicado no alargamento da sua exploração pecuária em Chimoio, Moçambique, anunciou recentemente a empresa.

A Agriterra dispõe de dois ranchos com uma área combinada de 21 mil hectares e, nos termos do comunicado, pretende expandir a operação aumentando o número de cabeças de gado das actuais 750 para 10 mil dentro de três anos e dentro de dois pretende estar a produzir 5 mil cabeças de gado por ano.

O rancho Dombe, com 20 mil hectares, foi, de acordo com o comunicado, uma boa aquisição, pois dispõe de bons pastos, tem acesso fácil a água e está situado próximo da DECA, a empresa de processamento de cereal da Agriterra.

A Agriterra pretende ainda utilizar parte do capital obtido para desenvolver as infra-estruturas do seu negócio de criação de gado indo construir um matadouro nas proximidades dos dois ranchos, tendo sido já adquirido um terreno de 200 hectares nas proximidades do Chimoio.

A actividade da Agriterra Ltd, uma empresa cotada no Mercado Alternativo de Investimento da Bolsa de Valores de Londres, centra-se actualmente na comercialização e processamento de produtos agrícolas na sequência da aquisição das empresas Desenvolvimento e Comercialização Agrícola Limitada (DECA) and Compagri Limitada e na produção de gado com a aquisição da Mozbife Ltd.

A Agriterra assinou um memorando de entendimento para adquirir a Equatorial Biofuels (Guernsey) Limited, um produtor de óleo de palma para consumo humano com sede na Libéria. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH