Governo de Timor-Leste aprovou empreendimento imobiliário português em Díli

29 October 2009

Díli, Timor-Leste, 29 Out – O governo de Timor-Leste aprovou quarta-feira o projecto de investimento da empresa portuguesa Ensul Meci-Gestão de Projectos de Engenharia, para a construção de um complexo imobiliário em Díli.

O projecto engloba um hotel, edifícios residenciais, escritórios e comércio, num investimento que deverá ultrapassar 75 milhões de euros e criar um número significativo de postos de trabalho.

O empreendimento vai ser erguido no bairro de Colmera, no centro de Díli, em terreno arrendado ao Estado por 50 anos, estando associado à reabilitação urbana daquela zona da cidade.

O regime de propriedade em Timor-Leste actualmente em vigor é semelhante ao domínio público marítimo português, onde os terrenos das construções correspondem a concessões por períodos longos de tempo, estando em preparação uma nova “Lei das Terras”.

A Ensul Meci, na área das obras de engenharia, obras públicas e construção, desenvolve projectos chave-na-mão, respeitantes a edifícios residenciais e não-residenciais e ainda infra-estruturas públicas e industriais, sendo a construção a actividade principal do grupo.

No seu portfólio tem um conjunto de obras em Timor-Leste como a residência oficial do Presidente da República, o quartel da Polícia Militar, o arsenal do Centro de Treino de Metinaro e o Hotel Timor. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH