Cabo Verde tem nota positiva para II compacto do Millennium Challenge Corporation

4 November 2009

Praia, Cabo Verde, 4 Nov – Cabo Verde alcançou nota positiva e superior aos outros países da sua categoria no processo de avaliação internacional, que visa testar a elegibilidade dos países aos fundos do Millennium Challenge Corporation (MCC), de acordo com a agência noticiosa cabo-verdiana Inforpress.

Esta apreciação feita a Cabo Verde foi oficialmente comunicada ao ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades, José Brito, pela embaixadora norte-americana em Cabo Verde, Marianne Myles e pelo representante do MCC residente no país, Stalis Solomon Panagides.

A avaliação foi feita tendo em conta os indicadores relativos à governabilidade, ao investimento na população e ao ambiente de negócios, tendo em todos eles conseguido uma avaliação positiva e acima da média da dos outros países da mesma categoria (Países de Rendimento Médio).

Segundo Solomon Panagides e Mariane Myles, esta elegibilidade de Cabo Verde é a primeira condição que o arquipélago tinha de cumprir para concorrer ao II compacto do fundo do MCC e, por isso, com esta avaliação conseguida, há grandes possibilidades do país vir a beneficiar de um segundo apoio do programa do MCC.

O valor do fundo que poderá vir a ser disponibilizado para o II compacto será estipulado pelo Congresso norte-americano, mas o governo de Cabo Verde tenciona pedir um montante superior ao concedido no I compacto (110 milhões de dólares).

A primeira decisão sobre este processo de candidatura de Cabo Verde ao II compacto do programa do MCC será conhecida a 9 de Dezembro, por ocasião da próxima reunião do conselho de administração do MCC, que terá lugar em Washington. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH