Banco angolano interessado na privatização de banco português

6 November 2009

Luanda, Angola, 6 Nov – O presidente executivo do Banco Internacional de Crédito (BIC), Fernando Teles, declarou quinta-feira o seu interesse no processo de privatização do recentemente nacionalizado Banco Português de Negócios (BPN).

Em entrevista à agência Reuters, o presidente do quarto maior banco privado angolano afirmou que “poderemos não ser o único banco angolano interessado na privatização do BPN”.

Carlos Costa Pina, secretário de Estado do Tesouro e das Finanças de Portugal, afirmou que o regime de privatização do Banco Português de Negócios será aprovado a “muito curto prazo”.

O BIC, que tem um banco “gémeo” em Portugal, liderado por Mira Amaral, é detido por Américo Amorim e por Isabel dos Santos, filha do presidente de Angola, cada um com uma posição de 25 por cento.

O presidente Fernando Teles controla 20 por cento, enquanto os restantes 20 por cento são detidos por outros pequenos accionistas.

Além do interesse no BPN, Fernando Teles afirmou também que o BIC pretende dispersar capital na bolsa de Londres, Joanesburgo ou Luanda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH