Farmacêutica Hovione vai transferir produção da Europa para a China

9 November 2009

Macau, China, 9 Nov – A farmacêutica portuguesa Hovione vai transferir a maior parte da sua produção “da Europa para a China” a médio prazo, afirmou em Macau o administrador executivo da companhia Guy Villax.

No ano em que comemora o 50º aniversário da empresa, Guy Villax não indicou uma data concreta para que a China seja o principal centro de produção da empresa, mas salientou que a médio prazo essa medida será uma realidade.

Guy Villax salientou, no entanto, que a situação da Europa onde tem fábricas em Portugal e Irlanda – será mantida “só para os próximos sete a 10 anos porque o crescimento forte vai ser na China”.

Guy Villax disse ainda que até há pouco tempo a empresa ia “à China obter matérias-primas e às fábricas ensinar a produzir” mas entretanto, nos últimos dois anos, passou também a produzir e “o sucesso tem sido extraordinário”.

“Por um lado o processo de aquisição e de conquista das pessoas tem tido um sucesso enorme que só se explica pelo apoio da fábrica de Macau, mas por outro lado o crescimento das vendas da fábrica tem sido extraordinário” disse salientando que a Hovione entrou num projecto que tinha de vendas no valor de quatro milhões de dólares e que este ano a facturação será de cerca de 25 milhões de dólares.

Empenhada no mercado chinês, a Hovione vai lançar também em Macau o programa “welcome back” que permitiu à companhia recrutar para Lisboa quase uma dezena de doutorados que estavam no estrangeiro “sem perspectivas” de futuro no seu regresso ao país.

Criada em 1959, a Hovione tem actualmente fábricas em Portugal, Irlanda, Macau e China, na província de Zhejiang, escritórios em Hong Kong e Bélgica e um centro de investigação em Nova Jersey.

Em Macau há 25 anos, Guy Villax sublinhou que é na região administrativa especial de Macau que está a “alavanca extremamente poderosa para a expansão na China”.

Em 2008 a Hovione vendeu princípios activos no valor de 125 milhões de dólares e para 2009 o grupo espera atingir 143 milhões de dólares em vendas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH