Campanha “Servir bem” pretende promover turismo em Moçambique

18 November 2009

Maputo, Moçambique, 18 Nov – O governo de Moçambique aprovou terça-feira a campanha “Servir bem” que visa a adopção de melhores formas de atendimento aos clientes em todas as áreas de negócios em Moçambique, para capitalizar as oportunidades do Mundial-2010 na África do Sul.

O porta-voz do Conselho de Ministros de Moçambique, Luís Covane, disse que, com o programa, o executivo moçambicano pretende “mobilizar e envolver todas as actividades públicas e privadas relevantes a acolher e bem servir os clientes e visitantes”.

A execução do programa, orçado em 6,5 milhões de meticais, estará a cargo dos ministérios do Turismo e do Comércio e Indústria de Moçambique, que vão formar agentes de diversas áreas para incentivar e estimular melhor ambiente, sobretudo, nas instituições fronteiriças.

O valor disponibilizado pelo Estado moçambicano servirá para acções de formação e campanha publicitárias, destacou Luís Covane, que é igualmente vice-ministro da Educação e Cultura.

Até 2020, as autoridades moçambicanas prevêem a entrada no país de quatro milhões de turistas.

A entrada deste número de turistas passa pela concretização de um projecto governamental denominado “Marca Moçambique”, auxiliado pela “National Geographic”, que inclui a construção de infra-estruturas turísticas ou a recuperação de outras já existentes.

Dados do Ministério do Turismo de Moçambique indicam que as receitas do sector turístico moçambicano têm vindo a crescer nos últimos anos, tendo no ano passado ascendido a mais de 180 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH