Economia da Guiné-Bissau vai crescer 3,5 por cento em 2010 e quase 4 por cento em 2011 – FMI

19 November 2009

Bissau, Guiné-Bissau, 19 Nov – A economia da Guiné-Bissau vai crescer 3,5 por cento em 2010 e perto de 4 por cento em 2011, afirmou quarta-feira em Bissau o chefe da missão do Fundo Monetário Internacional, Paulo Drummond.

Uma delegação do FMI esteve na Guiné-Bissau entre o passado dia 5 e quarta-feira para avaliar o desempenho do país no âmbito do programa apoiado pela Assistência de Emergência Pós-Conflito e para analisar as perspectivas de início das discussões sobre um novo acordo ao abrigo da Facilidade de Crédito Alargado.

Segundo as primeiras conclusões da missão, além do crescimento económico, o Governo conseguiu um “desempenho fiscal satisfatório” em 2009, tendo a receita tributária superado as expectativas.

O FMI salientou, contudo, que o Governo guineense tem de ser mais célere a aplicar as reformas estruturais, nomeadamente a reforma da gestão das finanças públicas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH