Comissão Europeia anuncia em Moçambique financiamento para projectos energéticos

24 November 2009

Maputo, Moçambique, 24 Nov – A Comissão Europeia anunciou segunda-feira em Maputo um crédito de 100 milhões de euros para os países de África, Caraíbas e Pacífico (ACP) desenvolverem projectos na área de energias, no quadro do Segundo Programa Para a Facilidade de Energia.

O convite para a apresentação de propostas foi feito num seminário de dois dias segunda-feira iniciado em Maputo.

Em 2005, a Comissão Europeia lançou o Programa Para a Facilidade de Energia, uma iniciativa que visou dar assistência aos países ACP na preparação e execução de projectos de energia no âmbito 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento.

Na sequência desse projecto, a Comissão Europeia distinguiu Moçambique como o país que maior sucesso teve na primeira fase, em que submeteu nove projectos, sete dos quais aprovados.

Na sequência do Primeiro Programa Para a Facilidade de Energia, Moçambique apresentou projectos avaliados em 24,5 milhões de euros, que actualmente, se encontram em diferentes estágios do processo de execução, disse o ministro moçambicano da Energia, Salvador Namburete, no discurso de abertura do seminário.

Na anterior fase, o valor disponibilizado pela Comissão Europeia serviu para financiar projectos nas áreas de electrificação rural, energias novas e renováveis, construção e manutenção de pequenas barragens, centrais mini-hídricas, apoio institucional, assistência técnica ao Ministério de Energia, ao Fundo de Energia e à Electricidade de Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH