Banco central de Cabo Verde prevê recuperação do PIB para 4 a 5 por cento em 2010

26 November 2009

Praia, Cabo Verde, 26 Nov – O Banco de Cabo Verde (BCV) prevê “uma ligeira recuperação” da economia em 2010, com o PIB a situar-se entre 4 e 5 por cento, depois da “manutenção do ritmo de abrandamento”, devido a uma “conjuntura externa desfavorável”.

A previsão, divulgada através do Relatório de Política Monetária remetida ao Governo cabo-verdiano, aponta também para uma estabilização da taxa de variação média anual do Índice de Preços no Consumidor, no intervalo de 2 a 3 por cento, e surge numa altura em que o Parlamento debate o Orçamento de Estado para 2010.

O documento perspectiva também a recuperação da actividade económica, a par de um défice global de cerca de 11,8 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) e de uma política monetária direccionada para a manutenção da defesa do regime de paridade fixa com o euro, com base na estabilidade dos principais fluxos de capitais externos e condicionada pelos desenvolvimentos a nível da política orçamental.

Em relação à inflação, o texto do relatório económico, com referência a Setembro, refere que os dados “atestam a pronunciada tendência de desaceleração da inflação, registada desde finais de 2008”.

O BCV admite que, ao longo de 2009, se assistiu a uma deterioração do défice da conta corrente, explicada “essencialmente pelo comportamento negativo” das exportações líquidas, em particular na sua componente ligada ao turismo.

Relativamente à execução orçamental no período em análise, o banco central adianta ser de prever “uma deterioração do défice público global em decorrência do efeito conjugado de uma queda esperada das receitas fiscais, do aumento das despesas de funcionamento e acréscimo significativo das despesas de investimento”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH