EDP – Energias de Portugal estuda construção de central eléctrica de ciclo combinado em Angola

26 November 2009

Figueira da Foz, Portugal, 26 Nov – A EDP – Energias de Portugal está a estudar soluções para construir, em Angola, uma central eléctrica de ciclo combinado, disse quarta-feira na Figueira da Foz António Mexia, presidente executivo do grupo.

“As centrais de ciclo combinado são a solução que dá uma resposta em tempo útil com a vantagem de que será utilizado gás angolano”, disse António Mexia, à margem da inauguração da central da EDP de Lares (Figueira da Foz).

No sentido de desenvolver projectos de energia em Angola foi criada uma empresa que integra, para além da EDP, a Sonangol, o Banco Privado Atlântico (BPA) e a FiniCapital.

António Mexia esclareceu que Angola tem em curso um projecto de Gás Natural Liquefeito (GNL) que estará concluído “num prazo útil”, estimando que a central de ciclo combinado, caso venha a ser executada, “terá gás angolano”.

No entanto, o presidente executivo da EDP esclareceu que a central ainda não foi licenciada e que deverá demorar “mais ou menos três anos” a ser construída “a partir do momento em que seja decidido” avançar.

Apesar de António Mexia dizer que a construção da central ainda não tem decisão final, o primeiro-ministro José Sócrates, no discurso que proferiu na cerimónia de inauguração da central eléctrica de Lares, revelou que a central angolana da EDP vai ser feita “muito brevemente”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH