Relacionamento comercial entre o Brasil e os países africanos de língua portuguesa ainda é incipiente

3 December 2009

Fortaleza, Brasil, 3 Dez – O aumento do comércio entre o Brasil e os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) depende de “uma grande articulação entre governos e iniciativa privada”, afirmou quarta-feira em Fortaleza o consultor internacional Altair Maia.

“O comércio entre o Brasil e África ainda é incipiente e precisa ser trabalhado”, disse, para acrescentar que os países africanos importam cerca de 500 mil milhões de dólares, dos quais menos de 10 mil milhões de dólares do Brasil.

“É menos de 2 por cento”, afirmou Maia, economista e especialista em questões africanas, à margem do II Encontro de Portos da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), que decorre até hoje, em Fortaleza, no Estado brasileiro do Ceará.

Para o consultor, há um bom potencial de negócios na costa ocidental africana, mas o crescimento do intercâmbio comercial depende de estratégias eficientes.

“Não se trata de criar uma linha marítima directa, mas de estudar as linhas existentes e criar condições para uma escala em África. Todo o navio que sai do Brasil desvia da África, quando o mais viável e económico seria oferecer incentivos aos armadores para escalas em portos africanos”, afirmou.

A ideia de uma acção conjunta do governo, exportadores e armadores, segundo sugere, contemplaria a selecção de portos brasileiros como concentradores de mercadorias, assegurando volume, regularidade e agilidade no transporte marítimo.

O Brasil dispõe de 37 portos públicos, 42 terminais privativos e três complexos portuários que movimentam cerca de 700 milhões de toneladas de mercadorias por ano, respondendo por mais de 90 por cento das exportações, conforme dados disponibilizados pela organização do evento.

O II Encontro de Portos, evento técnico realizado pela Secretaria Especial de Portos da Presidência da República do Brasil e pelos portos da CPLP, inclui reuniões de trabalho, palestras e exposições e reúne dirigentes empresariais dos países de língua portuguesa como Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal.

A primeira edição do Encontro de Portos da CPLP realizou-se em Setembro de 2008, na cidade de Leixões, em Portugal. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH