Governo de Angola pretende diversificar exploração mineira

9 December 2009

Luanda, Angola, 9 Dez – O governo de Angola pretende, nos próximos 4 anos, diversificar a exploração mineira para reduzir a dependência dos diamantes e aumentar as receitas através da comercialização de outros minérios, de acordo com o programa do Minstério da Geologia e Minas.

O documento programa, citado pela agência noticiosa angolana Angop, assinala que a nova estratégia de diversificação vai permitir a Angola ter uma política mineira mais competitiva, a nível regional e internacional, e a partir daí atrair os investimentos necessários ao desenvolvimento sustentável do sector.

Neste particular, refere o documento, afigura-se urgente incentivar o aproveitamento racional de matérias-primas de origem mineira para garantir o apoio à indústria transformadora nacional, a construção civil e a agricultura.

O sector vai também investir na formação direccionada dos quadros nacionais para assegurar o acompanhamento e a fiscalização das actividades mineiras e a execução de acções e projectos sociais no sector.

De acordo com dados geológicos, Angola é um país rico em recursos minerais, estimando-se que o subsolo angolano disponha de 35 dos 45 minerais mais importantes do comércio mundial, entre os quais petróleo, gás natural, diamantes, fosfatos, substâncias betuminosas, ferro, magnésio, ouro e rochas ornamentais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH