Moçambique estuda utilizar barragem de Corumana para fornecer água a Maputo

15 December 2009

Maputo, Moçambique, 15 Dez – A Administração Regional de Águas do Sul (ARA-Sul) de Moçambique vai iniciar em 2010 um estudo para a colocação de comportas na Barragem de Corumana e a instalação de uma conduta de 100 quilómetros para fornecer água a Maputo, escreve hoje o jornal Notícias.

O jornal refere que se trata de uma solução alternativa para abastecimento de água à capital enquanto não estiver concluida a construção da Barragem de Moamba-Major actualmente em estudo.

A Directora-Geral da Administração Regional de Águas do Sul, Olinda de Sousa disse que a o projecto para receber água de Corumana, localizada no distrito de Moamba, no sul da província do Maputo, representará um investimento total de 100 milhões de dólares

Segundo Olinda de Sousa, neste momento, decorrem negociações com o Banco Mundial para obter apoios financeiro para o projecto que poderá ficar concluído em dois a três anos.

A barragem de Corumana e a de Moamba Major são consideradas como fulcrais para garantir o abastecimento de água à cidade de Maputo e ainda para acomodar o desenvolvimento previsto nos próximos 20 a 50 anos.

A partir de 2011 as necessidades da cidade do Maputo e arredores deverão atingir os 91 milhões de metros cúbicos de água por ano.

A construção de Moamba Major deverá, por seu turno, custar pouco mais de quinhentos milhões de dólares que deverá ser suportada com base em apoios actualmente a serem negociados com agências privadas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH