Perfurações no “off-shore” de São Tomé Príncipe encontram petróleo e gás

15 December 2009

Lisboa, Portugal, 15 Dez – A primeira fase de perfurações na Zona de Desenvolvimento Conjunto (ZDC) São Tomé e Príncipe-Nigéria resultou na detecção de petróleo, em quantidade “esperada”, e de “muito gás” num dos blocos, segundo a Agência Nacional de Petróleo são-tomense.

Luís Prazeres, director da Agência, disse à Lusa que os resultados foram apresentados aos ministros do Petróleo dos dois países vizinhos pela Autoridade de Desenvolvimento Conjunto (ADC) e pelas petrolíferas responsáveis, durante a última reunião do Conselho Ministerial Conjunt.

“Encontrou-se gás, muito particularmente no Bloco 2, e também há petróleo. (…) Aquilo que foi dado a conhecer oferece boas perspectivas”, segundo Prazeres.

Retomados no Verão, os trabalhos de campo na ZDC estavam interrompidos desde que a empresa norte-americana Chevron fez um único furo em 2006, no Bloco 1.

Os resultados estão a ser interpretados e os dados oficiais serão conhecidos no fim de Janeiro, prevendo-se nova fase de perfurações para Maio de 2010, adiantou.

Nos últimos meses foram feitos um furo de pesquisa no Bloco 2 (operado pela chinesa Sinopec), outro no Bloco 3 e 4 (operado pela Addax).

MACAUHUB FRENCH