Economia de Portugal deverá crescer 0,7 por cento este ano e 1,4 por cento em 2011

13 January 2010

Lisboa, Portugal, 13 Jan – A economia de Portugal deverá crescer 0,7 por cento este ano e 1,4 por cento em 2011, informou terça-feira em Lisboa o Banco de Portugal, baseando as suas previsões “numa recuperação gradual e moderada da actividade à escala global”.

O banco central manteve ainda a estimativa apontada no último boletim para a evolução da economia em 2009, que estimava uma contracção de 2,7 por cento.

De acordo com o Boletim Económico de Inverno divulgado terça-feira, a recuperação deverá fazer-se sentir ainda no consumo privado (-0,9 em 2009 para 1,0 por cento este ano), na procura interna (0,3 por cento em 2010, -2,9 em 2009) e na inflação, que deverá voltar a terreno positivo, crescendo na ordem dos 0,7 por cento (face aos -0,9 por cento estimados para 2009).

O Banco de Portugal salienta que estas projecções devem ser vistas à luz da crise internacional e também ao facto de a economia portuguesa ter vindo a evidenciar “um conjunto de fragilidades de natureza estrutural, as quais têm limitado o seu crescimento potencial ao longo da última década”.

As exportações e as importações também deverão voltar a terreno positivo, crescendo 1,7 por cento (face aos -12,5 apontados para 2009) e 0,3 por cento (contra -10,8 por cento), respectivamente. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH