Economia de Angola deve crescer 6,5 por cento e Moçambique 5,5 por cento em 2010

21 January 2010

Washington, Estados Unidos, 21 Jan – A economia de Angola deverá crescer 6,5 por cento em 2010 e 8,0 por cento em 2011, segundo as previsões do Banco Mundial divulgadas quarta-feira.

A recuperação de angola será uma das mais dinâmicas da África subsaariana depois da retracção estimada de 0,9 por cento em 2009.

No ano passado, “a economia de Angola teve uma fraca performance, com as exportações de petróleo a caírem abaixo dos 1,8 milhão de barris por dia, a queda das receitas petrolíferas a levarem o Governo a fazer cortes nas despesas de investimento e o consumo privado a contrair”, refere o Banco Mundial no seu relatório.

Na recuperação, Angola deverá contar com o aumento da procura externa, além de recuperação nas remessas, como outros países da região.

Para os outros países Lusófonos, as previsões do Banco Mundial são também de crescimentos significativos, depois das desacelerações registadas em 2009.

Moçambique “com forte crescimento do sector agrícola”, destaca-se por ter conseguido no ano passado conter os efeitos da crise, conseguindo um crescimento de 5,0 por cento da sua economia.

A retoma na curva de crescimento estimada para Moçambique é, contudo, lenta, com 5,5 por cento previstos para 2010 e 5,7 por cento em 2011, ou seja ainda longe dos 6,8 por cento de 2008 e 7,0 por cento de 2007.

Cabo Verde, segundo as estimativas do Banco Mundial, teve uma queda do crescimento para 3,3 por cento em 2009 (contra 5,9 por cento no ano anterior) e vai recuperar para 4,4 por cento de crescimento este ano acelerando para 5,4 por cento em 2011.
As perspectivas para a Guiné-Bissau são de um crescimento do PIB de 3,4 por cento este ano e o mesmo em 2011, depois da desaceleração dos 2,9 por cento em 2008 para 2,1 em 2009.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH