Exportações do Brasil para a China devem crescer 20 por cento em 2010

21 January 2010

Rio de Janeiro, Brasil, 21 Jan – As exportações brasileiras para a China devem aumentar em 2010 no mínimo, 20 por cento, ou seja, mantendo quase o mesmo ritmo do ano passado, de acordo com previsões oficiais divulgadas pela agência O Globo.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ivan Ramalho as exportações para a China passaram de US$ 16,4 mil milhões em 2008, para US$ 19,9 mil milhões, em 2009, o que significou um aumento de 23,1 por cento.

As exportações do Brasil para a China representam 13,1 por cento das exportações globais brasileiras.

As vendas brasileiras para os Estados Unidos caíram de US$ 17,7 mil milhões, em 2008, para US$ 15,7 mil milhões, em 2009, ficando em segundo lugar, com 10,3 por cento do total global exportado.

Ivan Ramalho destacou que aumentar as exportações para a China, principalmente de produtos manufacturados, como também para outros países asiáticos, é um dos principais objetivos da participação brasileira na Expo Xangai 2010, que começa em Maio próximo e vai se estender por seis meses, na China.

O Brasil terá um pavilhão patrocinado pela Vale, de dois mil metros quadrados, onde empresas brasileiras de pequeno, médio e grande porte poderão participar e apresentar seus produtos.

No ano passado as exportações de produtos manufacturados brasileiros atingiram cerca de US$ 5 mil milhões, apesar de os principais produtos vendidos para a China serem minério de ferro e soja. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH