Grupo português Unicer vai investir 120 milhões de dólares em fábrica de cerveja em Angola

25 January 2010

Luanda, Angola, 25 Jan – O grupo português Unicer investir 120 milhões de dólares, 85 milhões dos quais na primeira fase, na construçao de uma fábrica de cerveja na província do Bengo, disse em Luanda o representante do grupo em Angola, José Teixeira.

Em declarações ao jornal O País, José teixeira disse que a unidade fabril vai chamar-se Única (União Cervejeira de Angola) e terá uma capacidade de produção de cerca de 100 milhões de litros de cerveja, devendo entrar em funcionamento em Maio de 2011.

Detida em 49 por cento pela Unicer e os restantes 51 por cento subdivididos em participações iguais pelos grupos angolanos Giasope, Emprominas e Imosil, a Única vai criar mais de mil postos de trabalho directo e 10 mil indirectos.

De acordo com José Teixeira, apenas um dos produtos tradicionais da Unicer (nomeadamente Cristal, Carlsberg e Super Bock) deverá ser produzido em Angola, já que se pretende “criar novas marcas com nomes próprios que se identifiquem com o povo angolano”.

O projecto de criação de uma cervejeira da Unicer em Angola remonta a 2003, mas só em finais de 2009 foram assinados, com os três parceiros angolanos, os contratos que regulam a relação entre as partes.

Actualmente, 30 por cento da cerveja vendida em Angola é importada e, dos cerca de 140 milhões de litros de cerveja de origem portuguesa que entram em Angola, 125 milhões são da marca Unicer.

“A nossa empresa detém uma quota de mercado de 70 por cento em Angola, no segmento de cervejas importadas”, frisou.

Angola é o terceiro maior mercado consumidor de cervejas em África tendo, em 2008, consumido cerca de 700 milhões de litros, equivalente a 7 por cento do consumo da cerveja no continente. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH