Barragem do Ngove, Angola, começa a produzir electricidade em Fevereiro de 2011

29 January 2010

Huambo, Angola, 29 Jan – A barragem hidroeléctrica do Ngove começa a produzir energia eléctrica a partir de Fevereiro de 2011, revelou quinta-feira no Huambo o director geral do Gabinete de Aproveitamento Hidrográfico da Bacia do Cunene, Gomes da Silva.

De acordo com Gomes da Silva, a recuperação da barragem, localizada 120 quilómetros a sul da cidade do Huambo, está bastante avançada e vai permitir a entrada em funcionamento de uma turbina de 20 megawatts para, quatro meses depois, arrancarem outras duas com iguais capacidade cada, totalizando 60 megawatts.

Os ensaios da primeira turbina, que produzirá, numa primeira fase, electricidade apenas para as cidades do Huambo e Kuito (província do Bié), estão previstos para Dezembro deste ano a Janeiro de 2011.

A obra, orçada em 150 milhões de dólares, consiste na recuperação do corpo da barragem e na montagem de uma central eléctrica e está a ser executada pela empresa brasileira de construção civil Odebrecht.

A empreitada inclui a recuperação e construção de residências para os operadores do empreendimento, bem como de um aeródromo com uma pista de 1060 metros.

O director geral do Gabinete de Aproveitamento Hidrográfico da Bacia do Cunene revelou que a barragem do Ngove, além de produzir energia eléctrica, vai continuar como regulador de caudal da barragem do Ruacaná, na Matala.

As obras de construção da barragem do Ngove iniciaram-se em 1969, tendo sido interrompidas em 1975 devido ao conflito armado. Em 1983 foram retomados os trabalhos, mas em 1986 foram novamente interrompidos até que em 1990 cargas de dinamite causaram a sua destruição parcial. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH