Palanca Cimentos investe 420 milhões de dólares em Benguela, Angola

5 February 2010

Luanda, Angola, 5 Fev – A nova fábrica da Palanca Cimentos, um investimento de 420 milhões de dólares na província de Benguela, aguarda aprovação do governo de Angola para se dar início à sua construção, afirmou o presidente do grupo Gema, que detém 50 por cento do capital da sociedade.

O projecto resulta de uma parceria estabelecida entre os angolanos do grupo Gema e a Camargo Corrêa Escom Cement B.V., sociedade com sede nos Países Baixos que, integrando a construtora brasileira Camargo Corrêa e o grupo português Escom, detém os restantes 50 por cento da Palanca Cimentos.

O projecto foi apresentado à Agência Nacional para o Investimento Privado de Angola há “sensivelmente um ano”, adiantou José Leitão ao jornal O País.

A cimenteira situa-se perto da nova refinaria da Sonangol e irá produzir anualmente entre 1,6 milhões e 2 milhões de toneladas de cimento, destinadas primordialmente ao mercado nacional.

O financiamento do projecto recorre, na totalidade, a capitais alheios, os quais serão assegurados por um sindicato bancário liderado pelo Banco Espírito Santo Angola.

O período de construção da nova unidade cimenteira será de dois anos após a respectiva aprovação tendo José Leitão previsto que o arranque se verifique em Março deste ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH