Previsão da produção de algodão de Moçambique para 2010 mantém-se apesar de contrabando para países vizinhos

9 February 2010

Maputo, Moçambique, 9 Fev – Cerca de 5 mil toneladas de algodão caroço produzido em Moçambique na campanha 2008/09 foram contrabandeadas nas zonas de fronteira com os países vizinhos, particularmente o Zimbabué, informou o Instituto de Algodão de Moçambique (IAM).

Durante um encontro realizado em Maputo, um quadro do IAM precisou que a produção da campanha finda foi de 65 mil toneladas mas que a comercialização não ultrapassou 60 mil toneladas, tendo a diferença sido exportada ilegalmente para países vizinhos, fundamentalmente o Zimbabué.

No encontro, em que estiveram presentes intervenientes na cultura do algodão, casos da Associação Algodoeira de Moçambique e de empresas agro-químicas, a fim de fazer o balanço da campanha finda e preparar a de 2009/2010, foi decidido manter a previsão de produção em 65 mil toneladas, uma vez que os constrangimentos que afectam o sector, como a concorrência com outros sectores e um preço pouco atractivo, ainda se mantêm.

Em Moçambique, cerca de 12 empresas têm hoje no algodão a sua actividade central, caracterizando-se por investimentos em fábricas de descaroçamento, facilidades de armazenamento, escritórios, meios de transporte e equipamentos de produção agrícola, sendo que cada uma dessas empresas representa um investimento de não menos de cinco milhões de dólares.

Segundo o IAM, esta cultura é praticada por mais de 300.000 famílias camponesas de cinco membros cada, representando, por isso, fonte segura de rendimento para mais de 1,5 milhões de pessoas e, ao longo da sua cadeia de produção e manuseamento, o algodão cria mais de 20000 postos de trabalho assalariado.

Para além do aproveitamento da fibra para fins têxteis, hospitalares e outros, a semente desta cultura constitui, hoje, a maior fonte doméstica de óleo alimentar extraído pelas indústrias em Moçambique, sendo que subprodutos da semente são também usados na produção de sabões e bagaço para a alimentação de gado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH