Utilizadores de telemóvel em Cabo Verde triplicaram entre 2006 e 2009

10 February 2010

Praia, Cabo Verde, 10 Fev – A liberalização do sector das telecomunicações em Cabo Verde, concretizado em 2006, permitiu triplicar o número de assinantes de telemóvel, que passou de 100 mil para cerca de 300 mil, disse terça-feira na Praia fonte governamental.

Manuel Inocêncio de Sousa, ministro das Infra-estruturas, Transportes e Telecomunicações, salientou a “dinâmica de crescimento muito forte” do sector, que, além da telefonia móvel, abarca também outros serviços, como a Internet, televisão por assinatura e serviços de voz na própria Internet.

“Em três anos, estamos a duplicar ou a triplicar o número de assinantes de serviços de telecomunicações resultado desse impulso dado pela liberalização”, sublinhou Manuel Inocêncio, citado pela agência cabo-verdiana Inforpress.

No mesmo período, disse, o total de contratos de televisão por assinatura quintuplicou, passando de 1.300 para cerca de 7.000, enquanto o número de assinantes da Internet duplicou, subindo de 7.000 para 15.000 utilizadores.

A Agência Nacional das Comunicações (ANAC) tem já em concurso público as redes para a terceira e quarta gerações, processo que deverá estar concluído em 2011, tendo admitido já haver espaço para para mais um operador, além da “T Mais”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH