Moçambique selecciona conjunto de 7 produtos para exportar para a Europa

11 February 2010

Maputo, Moçambique, 11 Fev – Moçambique pretende exportar para a União Europeia um conjunto de sete produtos e está a desenvolver um projecto nesse sentido, afirmou quarta-feira em Maputo a directora-geral do Instituto para a Promoção de Exportações (Ipex).

A segunda fase do projecto, que conta com um apoio do governo dos Países Baixos de 1,1 milhões de euros, visa colocar nos mercados europeus e a preços competitivos ananás, manga, amendoim, piri-piri, caju, feijão verde e artesanato.

Para já, disse Cecília Candrinho, diretora geral do Ipex, as exportações para a Europa são reduzidas e a ideia do projeto é “remover os constrangimentos”, tendo sido já assinados 16 memorandos de entendimento com potenciais exportadores.

O projecto, disse, é a três anos, tendo até agora sido feita a análise dos constrangimentos internos e das necessidades do mercado europeu.

As exportações moçambicanas centram-se sobretudo nos grande projectos, como o alumínio, a energia e o gás, e “a capacidade para exportar para a Europa é mínima”, disse Flávia Culuane, também do Ipex. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH