Mesa-redonda de doadores da Guiné-Bissau ainda sem data nem local

19 February 2010

Bissau, Guiné-Bissau, 19 Fev – O representante da Comissão Europeia na Guiné-Bissau, o embaixador Franco Nulli, disse sexta-feira em Bissau que Abril é um “bocado cedo” para a realização de uma mesa-redonda de doadores para o país.

“Talvez Abril seja um bocado cedo para permitir a criação de todas as condições prévias”, afirmou o embaixador no final de um encontro com o primeiro-ministro guineense, Carlos Gomes Júnior.

“Uma coisa é chegar a uma mesa-redonda com projectos e outra coisa é chegar a uma mesa-redonda com coisas concretas”, disse.

“É essencial a criação do Fundo de Pensões e a aprovação das normativas” da reforma do sector de defesa e segurança para a realização da conferência, insistiu o representante da Comissão Europeia.

O presidente da Guiné-Bissau afirmou quarta-feira que a mesa-redonda de doadores para o país deveria ocorrer em Abril, faltando apenas escolher um local optando entre um país africano ou europeu.

Para a comunidade internacional só faz sentido a realização de uma mesa-redonda de doadores depois de as autoridades guineenses aprovarem no parlamento a legislação necessária à introdução das reformas nos sectores de defesa, segurança e justiça, consideradas essenciais para a estabilidade no país. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH