Brasil foi o segundo maior exportador de ferro para a China em 2009

22 February 2010

Xangai, China, 22 Fev – O Brasil foi o segundo maior país exportador de minério de ferro à China em 2009, com 140 milhões de toneladas e um acréscimo anual de 41,5 por cento, de acordo com dados da Administração Geral de Alfândegas da China.

O principal exportador de minério de ferro foi a Austrália, com 260 milhões de toneladas ou mais 42,9 por cento do que em 2008, a que se seguiu a Índia, com 110 milhões de toneladas e um crescimento anual de 18 por cento, informou a agência noticiosa oficial Nova China.

Em 2009, a China importou 630 milhões de toneladas de minério de ferro, mais 41,6 por cento em termos anuais, com um custo de 50,14 mil milhões de dólares.

As importações de minério de ferro de Brasil e Austrália representaram em conjunto 64,4 por cento do total de 2009.

A maior siderúrgica chinesa, Baosteel, negocia actualmente os preços para 2010 com a Vale e com duas mineradoras anglo-australianes.

Apesar dos grandes crescimentos registados nas vendas brasileiras e australianas, os países que tiveram as maiores taxas percentuais de aumento nas vendas de minério de ferro à China foram a África do Sul, Canadá e Ucrânia.

Os sul-africanos exportaram 34,13 milhões de toneladas para a China (aumento de 140 por cento em relação a 2008), a Ucrânia exportou 11,58 milhões de toneladas (aumento de 150 por cento) e o Canadá exportou 8,65 milhões de toneladas (130 por cento). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH