Governo de Moçambique admite rever Orçamento de Estado por falta de dinheiro

8 March 2010

Maputo, Moçambique, 8 Mar – O ministro das Finanças de Moçambique, Manuel Chang, admitiu que o governo poderá ter de alterar o Orçamento do Estado de 2010 se os doadores continuarem sem desembolsar os fundos prometidos até Abril próximo.

O Orçamento de Estado moçambicano é financiado em cerca de metade por um grupo de 19 países e instituições, que habitualmente disponibilizam a primeira parte do dinheiro em Janeiro, mas este ano ainda não o fizeram.

Citado sábado pela agência noticiosa moçambicana AIM, o ministro disse que a verba transferida anualmente pelos doadores é de cerca de 600 milhões de dólares, 125 milhões dos quais são entregues no primeiro trimestre.

Moçambique precisa para o primeiro trimestre de 175 milhões mas essa verba não foi até agora desembolsada pelos doadores, que já disseram que só o podem fazer a partir de Abril.

Segundo o governo, até agora o país consegue continuar a pagar salários e saldar dívidas mas o ministro admitiu ter de rever o orçamento se em Abril os financiadores não cumprirem as promessas.

Nas eleições gerais de Outubro passado alguns dos países doadores, especialmente do norte da Europa, criticaram a exclusão do processo eleitoral de uma dezena de partidos, situação que poderá estar estar na origem do atraso nos desembolsos da ajuda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH