Mercados de Angola, Brasil e Moçambique fundamentais para grupo português Teixeira Duarte

12 March 2010

Lisboa, Portugal, 12 Mar – Os mercados de Angola, Brasil e Moçambique foram fundamentais para os resultados de 116,6 milhões de euros obtidos pelo grupo português Teixeira Duarte em 2009, refere o grupo enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Assim, enquanto na generalidade dos mercados onde o grupo opera, casos de Portugal, Argélia, Marrocos, Ucrânia e Venezuela a comparação com 2008 é negativa, em Angola o volume de negócios cresceu 11,4 por cento para 495 milhões de euros, no Brasil cresceu 46,4 por cento para 78 milhões de euros e em Moçambique o aumento foi de 105,2 por cento para 53 milhões de euros.

Em Portugal, o volume de negócios do grupo caiu 10,2 por cento para 497 milhões de euros e na Argélia 24,7 por cento para 101 milhões de euros.

Ao todo, o grupo registou em 2009 um volume de negócios de 1282 milhões de euros, uma quebra de 0,7 por cento face a 2008.

No final de 2009, o envididamento do grupo ascendia a 2124 milhões de euros, reflectindo um acréscimo anual de 167 milhões de euros, em resultado do investimento no Lagoas Park e no Hospital de Cascais, bem como nas actividades de desenvolvimento em Angola e no Brasil.

A Teixeira Duarte opera em diversos sectores de actividade, nomeadamente comercialização de viaturas e de combustíveis, comércio alimentar e hotelaria, tendo a construção civil responsável sido responsável por 55 por cento da facturação do grupo em 2009.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH