Angola vai pedir à OPEP para aumentar produção de petróleo

17 March 2010

Luanda, Angola, 17 Mar – O ministro dos Petróleos de Angola disse terça-feira em Luanda que vai reforçar o pedido de excepção para o país sobre as quotas de produção impostas pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), na reunião do cartel, hoje em Viena.

O ministro já havia afirmado que Angola quer obter permissão para produzir acima das quotas da OPEP, actualmente de 1,65 milhões de barris/dia, aquando da reunião anual de Luanda, em Dezembro último, no momento em que Luanda passou a presidência rotativa ao Equador.

Na mesma ocasião, Botelho de Vasconcelos admitiu que Angola estava a produzir acima da quota imposta e voltou a admitir que a produção atual está em 1,75 milhões de barris/dia, mantendo-se a mesma justificação: a necessidade de manter em ritmo acelerado o programa de reconstrução do país, saído em 2002 de uma longa guerra.

O ministro angolano disse ainda que não espera que desta reunião de Viena saia qualquer alteração às quotas que foram definidas aquando da crise, especialmente em meados de 2009, que levou a uma acentuada quebra do preço das ramas nos mercados internacionais, que esteve em 147 dólares no Verão de 2008 e chegou a 30 dólares no início de 2009.

Angola integra a OPEP desde 2007 e um ano depois ultrapassou a Nigéria como o maior produtor da África subsaariana, com uma capacidade de extração de dois milhões de barris/dia, como o próprio ministro informou na altura da imposição das quotas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH